Bitcoin já vale mais de 1.700 dólares

Moeda digital continua a valorizar de forma acentuada perante maior interesse dos investidores em ativos digitais, como as "initial coin offerings", que startups têm promovido nos últimos meses.

Moeda continua a motivar muito interesse no mercado digital.

A bitcoin atingiu o valor mais elevado de sempre esta terça-feira, acima dos 1.700 dólares, perante o aumento da procura por ativos digitais que outras startups que usam a mesma tecnologia de blockchain têm criado nos últimos meses.

A moeda digital atingiu um recorde nos 1.760,4 dólares na plataforma BitStamp esta terça-feira, estando atualmente a negociar na casa dos 1.743 dólares. Desde o início do ano já valorizou aproximadamente 80%, aumentando o valor do mercado das bitcoin para 52,5 mil milhões de dólares. Contra a moeda única europeia, a bitcoin já chegou perto dos 1.600 euros.

“Temos um influxo de novo capital no mercado e esse capital vai e volta entre os criptoativos e bitcoin”, refere Chris Burniske, da ARK Invest, citado pela Reuters. “A bitcoin continua a ser a principal fornecedora de liquidez no mercado e os investidores utilizam-na para comprar outros ativos digitais”, salienta este responsável.

Bitcoin dispara

Fonte: Bloomberg (valores em dólares)

Além de ser um ativo que pode ser transacionado no mercado como as ações e obrigações, a bitcoin também pode ser utilizada como meio de pagamento e ainda como forma de transferir fundos de forma menos burocrática.

Grande parte desta valorização da bitcoin tem a ver com o recente aumento da procura por outras moedas digitais que estão a ser vendidas em operações chamadas initial coin offerings ou ICO. Através destas ICO, muitas startups que usam a mesma tecnologia blockchain que está por detrás da bitcoin levantam capital sem necessidade de uma supervisão do regulador.

De acordo com a Smith + Crown, pelo menos 40 startups realizaram ICO este ano.

Recentemente, um membro da Reserva Federal norte-americana mostrou algum ceticismo em relação às perspetivas da bitcoin. Neel Kashkari, presidente da Fed de Minneapolis, salientou que a tecnologia blockchain tem mais potencial para ser adotada no futuro do que a moeda digital.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Bitcoin já vale mais de 1.700 dólares

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião