Maria de Belém ainda não fechou contas das presidenciais

Sem a ajuda do Partido Socialista, do qual é militante, Maria de Belém não superou os 5% de votos e assim ficou sem acesso à subvenção estatal. A dívida das presidenciais continua por saldar.

Mais de um ano depois, a candidata presidencial ainda não saldou as contas das eleições presidenciais de 2016. A sua campanha previa gastar 650 mil euros e, mesmo tendo gasto menos (cerca de 500 mil euros), a militante do PS não atingiu os 5% nas eleições para Belém e não teve direito à subvenção, o que lhe teria permitido pagar a dívida. A candidata terá ainda dois terços da dívida por pagar neste momento, mas a legislação dá-lhe folga em termos de prazos.

“As contas das presidenciais são um problema meu que se resolve com contribuições”, explicou esta quinta-feira de manhã na SIC Notícias. Contudo, a ex-candidata à Presidência da República admitiu que esse é um problema que persiste. Em fevereiro deste ano, o Diário de Notícias avançou que Maria de Belém pagou 200 mil euros da dívida, a título pessoal, mas ainda restam 300 mil euros por pagar.

Maria de Belém Roseira conseguiu 4,24% dos votos — cerca de 200 mil –, não chegando assim aos 5% que lhe permitiria ter acesso à subvenção do Estado. Tal como sinalizou esta quinta-feria, a socialista está refém das contribuições dos seus apoiantes para fazer face à dívida. Até ao momento, o Partido Socialista — que não apoiou nenhum candidato oficialmente — não indicou se iria ajudar Maria de Belém.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Maria de Belém ainda não fechou contas das presidenciais

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião