Catalunha quer referendar independência a 1 de outubro

  • Margarida Peixoto
  • 9 Junho 2017

Carles Puigdemont, presidente do governo da Catalunha, confirmou que quer referendar a independência da região a 1 de outubro. Mas não revelou como pensa escapar ao veto do governo nacional.

“Quer que a Catalunha seja um Estado republicano independente?” É perante esta pergunta que Carles Puigdemont quer colocar os catalães, no próximo dia 1 de outubro. O presidente do governo da Catalunha anunciou a intenção esta sexta-feira, numa cerimónia solene, mas sem explicar como pretende evitar um veto do Executivo nacional.

A expectativa passa para o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy: o governo espanhol já disse que está contra a consulta popular e que utilizará todos os meios necessários para evitá-la. Resta saber como vai, na prática, reagir a este avanço do governo catalão. O Tribunal Constitucional também poderá vetar o referendo.

Na cerimónia, tanto Puigdemont como Oriol Junqueras, seu vice-presidente, foram duros com o Executivo central. Puigdemont acusou Rajoy de “não ter querido participar numa solução real e profunda” para as reivindicações da Catalunha e criticou o Tribunal Constitucional. Já Junqueras frisou que o Executivo “negou-se por 18 vezes” a negociar com os catalães sobre o seu futuro, “violentando os seus direitos democráticos fundamentais.”

Mas apesar da posição de força assumida hoje, o governo catalão não afasta a possibilidade do regresso às negociações, tendo dito que está disponível para conversar “até ao último minuto.” Desde que tomou posse que Mariano Rajoy sabe que este seria um dos dossiês difíceis com que teria de lidar neste mandato.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Catalunha quer referendar independência a 1 de outubro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião