Associação Mutualista lança OPA para tirar Montepio de bolsa

  • Rita Atalaia
  • 4 Julho 2017

A dona do Montepio, a Associação Mutualista, lançou uma Oferta Pública de Aquisição sobre as unidades de participação que não detém. A contrapartida é de um euro por cada unidade.

A Associação Mutualista Montepio Geral vai tirar o Montepio de bolsa. A entidade liderada por Tomás Correia lançou uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) para ficar com as unidades de participação que ainda não detém, de acordo com um comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). A contrapartida é de um euro por cada unidade.

“Torna-se pública a decisão de lançamento pelo Montepio Geral – Associação Mutualista, de oferta pública geral e voluntária de aquisição das unidades de participação representativas do Fundo de Participação da Caixa Económica Montepio Geral”, lê-se no comunicado enviado ao regulador.

A Associação Mutualista vai pagar um euro por cada unidade de participação, o que avalia esta oferta em mais de 100 milhões de euros, refere a associação liderada por Tomás Correia. O valor que a entidade oferece por cada unidade do banco é igual ao valor a que estes títulos foram vendidos numa primeira fase a investidores de retalho. Ou seja, pequenos investidores que compraram estas unidades nos balcões do Montepio.

Foi em dezembro de 2013 que as unidades de participação do banco Montepio começaram a negociar em bolsa. Os 23.916 pequenos investidores deram um euro por cada título — a maioria comprou até mil unidades, mas mais de 200 aplicaram mais de 100 mil euros. As unidades encerraram a sessão desta terça-feira nos 49,7 cêntimos. Por isso, uma vez que a Associação paga um euro por cada uma, o prémio é superior a 100%.

OPA é aposta no banco social

Este anúncio acontece depois de a Caixa Económica Montepio Geral ter realizado um aumento de capital de 250 milhões de euros, totalmente subscrito pelo único acionista, a Associação Mutualista, “para acabar com as dúvidas”, afirmou José Félix Morgado ao ECO. E também após a dona do Montepio e a Santa Casa da Misericórdia terem assinado um memorando de entendimento. Acordo que vai permitir a entrada da entidade liderada por Pedro Santana Lopes no capital do banco.

Segundo o comunicado enviado esta sexta-feira à CMVM, “o objetivo último do Oferente é assegurar que, na sequência da referida transformação da Entidade Visada em sociedade anónima, o capital social da CEMG venha a ser detido, na maior extensão possível, por entidades da economia social”.

“Trata-se de uma medida fundamental para que, após a sua transformação em sociedade anónima, o capital social da CEMG venha a ser detido, na maior extensão possível, por entidades da economia social. É um importante passo para dar corpo à estratégia de tornar a CEMG na Instituição Financeira da Economia Social, podendo assim contribuir ativamente para o desenvolvimento do nosso país”, refere o presidente da Associação Mutualista, Tomás Correia, num comunicado.

(Atualizado às 20h15 com mais detalhes)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Associação Mutualista lança OPA para tirar Montepio de bolsa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião