Três secretários de Estado já foram notificados para serem arguidos

João Vasconcelos, Fernando Rocha Andrade e Jorge Costa Oliveira são suspeitos do crime de recebimento indevido de vantagem. Já foram os três notificados para serem constituídos arguidos.

Jorge Costa Oliveira, um dos três secretários de Estado que pediram exoneração de funções no passado domingo, já foi notificado pelo Ministério Público para ser constituído arguido, depois de ter aceitado um convite da Galp para assistir a jogos da seleção de futebol durante o Euro 2016. É o último dos três secretários de Estado a serem notificados.

“Sim, ontem, finalmente”, respondeu o ainda secretário de Estado da Internacionalização, questionado sobre se já foi notificado pelo Ministério Público, à margem do Fórum Anual dos Empresários Portugueses da Construção no Mundo, a decorrer esta quarta-feira no Porto.

Também Fernando Rocha Andrade, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais que também pediu exoneração de funções, já foi notificado pelo Ministério Público, confirmou, na terça-feira, o Ministério das Finanças. Já João Vasconcelos, o secretário de Estado da Indústria, confirmou à SIC Notícias que também foi notificado na terça-feira.

Fernando Rocha Andrade, João Vasconcelos e Jorge Costa Oliveira (secretário de Estado da Internacionalização) são suspeitos do crime de recebimento indevido de vantagem. Em causa está a investigação às “viagens, refeições e bilhetes para diversos jogos da seleção nacional no Campeonato Europeu de Futebol de 2016”, que foram oferecidos pela Galp aos três secretários de Estado.

Os três pediram para ser constituídos arguidos, pedido a que o Ministério Público acedeu. Para já, foram constituídos três arguidos: Vítor Escária, assessor do primeiro-ministro, João Bezerra da Silva, chefe de gabinete de Rocha Andrade, e Pedro Matias, ex-chefe de gabinete de João Vasconcelos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Três secretários de Estado já foram notificados para serem arguidos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião