Ministério Público brasileiro quer pena maior para Lula

O antigo presidente do Brasil foi condenado a nove anos e meio de prisão, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Lula da Silva foi condenado a nove anos e meio de prisão e o Ministério Público brasileiro elogia a decisão do juiz Sérgio Moro, mas quer uma pena mais pesada. Segundo o jornal O Globo, o Ministério Público vai recorrer da sentença para pedir uma pena maior.

Os procuradores consideram “respeitável” a decisão do juiz responsável pela Operação Lava Jato, sublinhando que a mesma “ostenta robusta fundamentação”, mas discordam de “alguns pontos”, cita O Globo. O Ministério Público vai assim pedir uma pena mais pesada, embora ainda não tenha revelado quantos anos de prisão vai propor.

Já no mês passado, o Ministério Público pedia prisão efetiva para o antigo presidente do Brasil, no âmbito do chamado “caso triplex”. Lula da Silva é acusado de ter omitido que detinha um apartamento em Guarujá, no estado de São Paulo, que aparece registado em nome de empresários da construtora OAS. Esta empresa, por sua vez, terá pago à volta de um milhão de euros em subornos a Lula da Silva.

O antigo presidente, agora com 71 anos, é assim condenado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Esta é a primeira condenação de Lula da Silva. O antigo presidente responde ainda por outras quatro ações no âmbito da Lava Jato, uma delas conduzida também por Sérgio Moro e as outras três na Justiça Federal de Brasília.

Lula foi considerado pelas autoridades brasileiras como o “líder máximo” da Lava Jato, o esquema bilionário de desvio e lavagem de dinheiro, que envolve políticos e gigantes como a Petrobras e outras empresas estatais. Com o financiamento ilegal das suas campanhas, o antigo líder do PT terá garantido a “governabilidade da sua gestão e a permanência no poder”, concluíram os investigadores.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ministério Público brasileiro quer pena maior para Lula

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião