Parte do fogo em Mação controlado. 18 mil hectares arderam

  • Lusa
  • 26 Julho 2017

Parte importante do incêndio que deflagrou no domingo forçou a que vários locais fossem evacuados, mas estará controlado. O presidente do município aponta para uma área ardida de 17 a 18 mil hectares.

Uma parte “importante” do incêndio que lavra no concelho de Mação, no distrito de Santarém, está controlada, afirmou o presidente da Câmara, sublinhando que ainda há várias situações que preocupam os operacionais.

“Uma parte do incêndio está relativamente controlada na zona do Pereiro. Toda a zona do Carvoeiro está controlada, apesar de haver pequenos reacendimentos. Já podemos dizer que uma parte importante do concelho e do incêndio está controlada”, sublinhou o presidente da Câmara de Mação, Vasco Estrela. Segundo o autarca, a situação às 20:30 estava “mais calma”, do que há “umas horas”, mas há situações que preocupam as forças que combatem as chamas no concelho.

Uma frente que estava dominada durante a tarde, na zona de Aldeia de Eiras, “teve uma projeção para lá da linha de contenção”, sendo que é uma “situação que se pode complicar”. Outra preocupação apontada por Vasco Estrela é a possibilidade das chamas que lavram a norte do concelho poderem “atingir a freguesia de Cardigos”, para além da “gravidade da situação” que se vive em redor da vila – de onde é possível ver chamas – “e que se mantém”.

O presidente do município salienta ainda que numa área ardida de 17 a 18 mil hectares, “onde não houve possibilidade de fazer rescaldo e de fazer aceiros”, há a possibilidade de se registarem reacendimentos. “À volta das aldeias, as coisas estão relativamente tranquilas, mas há muitos pontos de vegetação dentro” das localidades que provocam reacendimentos dentro das povoações e que “inquieta as pessoas”, notou Vasco Estrela.

De acordo com o presidente da Câmara de Mação, contabilizam-se três feridos ligeiros no concelho, entre os quais, uma idosa que perdeu a primeira habitação e que sofreu queimaduras e um bombeiro que também teve “uma queimadura”. As chamas que lavram desde domingo eclodiram no concelho da Sertã, distrito de Castelo Branco, e estenderam-se a Proença-a-Nova, no mesmo distrito, e a Mação, no distrito de Santarém.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Parte do fogo em Mação controlado. 18 mil hectares arderam

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião