Fed mantém taxa de juro. Balanço é reduzido “em breve”

A Reserva Federal decidiu esta quarta-feira manter a taxa de juro inalterada, depois de a ter aumentado na última reunião.

A 16 de junho a Fed decidiu aumentar a taxa de juro pela segunda vez este ano. Um mês depois, a decisão dos governadores é manter a taxa de juro inalterada entre 1% e 1,25%, segundo a Bloomberg, ainda que nas minutas da última reunião tenha dado a indicação de que está determinada a fazer mais subidas este ano. Isso poderá acontecer na próxima reunião, que está marcada para os dias 20 e 21 de setembro.

As pistas do conselho de governadores liderado por Janet Yellen foram para a redução do balanço avaliado em 4,5 biliões de dólares. No texto final da reunião de dois dias, a Reserva Federal diz que pretende diminuir o balanço “em breve”, algo que é interpretado como um sinal de confiança na economia dos Estados Unidos.

O comité espera iniciar a implementação do programa de normalização do seu balanço em breve“, lê-se no comunicado da reunião divulgado esta quarta-feira, assinalando que irá seguir um plano desenhado em junho. Este assunto tem vindo a ser abordado nas reuniões do comité. Numa sondagem feita pela Reuters, os economistas questionados preveem que esse corte do balanço virá em setembro.

No seu global, o texto é parecido com o de junho, mas existe uma maior cautela face à evolução da inflação. Alguns governadores têm apontado que há o perigo de os preços não chegaram à meta dos 2% este ano. Inicialmente tinha sido dado como explicação a existência de “fatores temporários” a interferir na inflação.

No texto divulgado esta quarta-feira, a Fed admite que a inflação “deverá” ficar abaixo dos 2% no curto prazo. Contudo, os governadores acreditam que os preços vão acelerar a longo prazo, aproximando-se assim da meta estabelecida. “O comité irá acompanhar cuidadosamente os desenvolvimentos atuais e previstos da inflação relativamente à meta”, lê-se na nota.

Esta sexta-feira o Departamento do Comércio norte-americano irá divulgar o passo da economia no segundo trimestre, o que irá dar mais pistas sobre o andamento da economia dos Estados Unidos.

(Atualizado às 19h28)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fed mantém taxa de juro. Balanço é reduzido “em breve”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião