Novo iPhone não convence. Apple derrapa 5% em bolsa na semana

As ações da tecnológica destacam-se numa semana morna em Wall Street. Perderam 5%, o pior registo desde novembro do ano passado. Ações norte-americanas fecharam sem rumo esta sexta-feira.

O lançamento era esperado com bastante expectativa, mas os novos gadgets da Apple não parece estar a convencer nem os fãs nem os mercados. As ações da tecnológica terminaram esta sexta-feira no vermelho, somando a quinta sessão consecutiva de perdas e o pior registo semanal em mais de dez meses.

As ações da Apple deslizaram 1,08%, para os 127,15781 dólares, nesta sessão, elevando para 5%, o recuo acumulado na semana. Seria necessário recuar até ao início de novembro do ano passado, para ver um registo semanal pior.

O fraco entusiasmo em torno dos novos produtos da Apple é ilustrado pelo fraco fluxo de entusiastas à porta das lojas que os começaram a disponibilizar. Em Sidney, onde o novo iPhone foi colocado pela primeira vez à venda, a Reuters encontrou menos de 30 pessoas à porta da loja da Apple.

Os títulos da empresa liderada por Tim Cook foram uma das principais referências negativas numa semana marcada por alterações muito ligeiras no rumo dos principais índices bolsistas, que foram condicionados pela Fed que anunciou que vai avançar com a redução de estímulos em outubro e antecipando uma nova subida de juros ainda este ano, e pela tensão entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte.

Wall Street terminou esta sexta-feira entre ganhos e perdas ligeiras, sendo fiel a uma semana marcada por poucas oscilações dos principais índices. O S&P 500 terminou esta sexta-feira a valorizar 0,06%, para os 2.502,22 pontos, enquanto o Dow Jones rumou em sentido oposto ao registar uma descida de 0,04%, para os 22.349,59 pontos. Por sua vez, o Nasdaq somou uns ligeiros 0,07%, para terminar nos 6.426,92 pontos.

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Novo iPhone não convence. Apple derrapa 5% em bolsa na semana

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião