Ryanair cancela mais voos. 400 mil reservas afetadas

  • Cristina Oliveira da Silva
  • 27 Setembro 2017

Passageiros estão a receber um e-mail a dar conta das alterações. Têm ainda direito a um voucher de viagem. Cerca de 18 mil voos serão afetados entre novembro e março.

A Ryanair vai cancelar mais voos nos próximos meses, afetando 400 mil reservas entre novembro deste ano e março de 2018. A transportadora está a contactar os passageiros nesta situação e a oferecer vouchers de viagem.

Em comunicado, a transportadora low cost explica que vai utilizar menos 25 aviões no inverno e que são menos de 400 mil as reservas feitas para estes voos. Muitos, aliás, não têm qualquer reserva nesta altura. As alterações afetam menos de 1% dos passageiros que a Ryanair vai transportar este inverno e todos eles receberam hoje um e-mail a dar conhecimento dessas alterações e a oferecer alternativas ou o reembolso do pagamento. Estas pessoas receberam ainda um voucher até 80 euros que lhes permite marcar em outubro um voo até março.

O plano da Ryanair afeta 18 mil voos, de um total de 800 mil por ano. Mas em setembro e outubro, a Ryanair já tinha cancelado 2.100 voos. Os 315 mil passageiros prejudicados por estes cancelamentos também receberam um voucher.

Já quanto aos restantes passageiros que não foram afetados (99%, diz a Ryanair), as medidas tomadas garantem que não haverá mais riscos de cancelamento, diz a Ryanair.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ryanair cancela mais voos. 400 mil reservas afetadas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião