De Nova Iorque a Xangai em 30 minutos? Elon Musk diz que sim

  • ECO
  • 29 Setembro 2017

Viagens serão feitas em foguetões com espaço para 100 pessoas e que atingirão a velocidade máxima de 27 mil quilómetros por hora. Os preços serão semelhantes aos de um voo em classe económica.

De Londres ao Dubai em 29 minutos. De Nova Iorque a Xangai em 39 minutos. De Los Angeles a Toronto em 24 minutos. De qualquer lugar a qualquer lugar na Terra em menos de um hora, é esse o novo projeto de Elon Musk. O visionário quer usar foguetões como táxis, que atingirão a velocidade máxima de 27 mil quilómetros por hora.

O novo foguetão terá 40 cabines e uma lotação de 100 pessoas. “Se vamos a Marte, porque não vamos à Terra?”, espicaçou Musk, na 68ª edição do Congresso Internacional de Astronáutica, na Austrália, durante a qual apresentou o novo projeto da SpaceX. De acordo com a Bloomberg, esta proposta poderá constituir um concorrente sério às transportadoras aéreas comerciais, até porque, segundo adiantou Elon Musk na sua conta de Instagram, as viagens teriam o mesmo preço que uma passagem em classe económica.

As viagens serão feitas a uma altitude em que a nave não encontrará quase nenhuma resistência, o que possibilitará o aumento dramático da velocidade e a eficiência em termos de consumo de combustível.

A vocação disruptiva da SpaceX não é novidade. A indústria aeroespacial foi agitada pela introdução de naves reutilizáveis trazida por esta empresa.

Aos 46 anos, Elon Musk é líder executivo da Tesla — fabricante de automóveis elétricos — e fundador da SpaceX — empresa de transporte espacial, cuja lista de clientes inclui a NASA, os serviços militares norte-americanos e operadores de satélites comerciais. Com um património liquido de 21 mil milhões de dólares (17,8 mil milhões de euros), Musk admitiu já ter usado recursos pessoais para sustentar o seu maior sonho e ambição: tornar a viagem a outros planetas uma realidade mais acessível.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

De Nova Iorque a Xangai em 30 minutos? Elon Musk diz que sim

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião