BE exige descongelamento total das carreiras até 2019

  • Lusa
  • 9 Outubro 2017

O Bloco de Esquerda exigiu esta segunda-feira que o Governo aplique o descongelamento total das carreiras da função pública até 2019. Ou seja, o final da legislatura.

coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) lembrou esta segunda-feira que uma das premissas dos acordos de viabilização do Governo passa pelo descongelamento de carreiras, dossiê que o executivo socialista “empurrou” até agora, mas tem de ficar fechado nesta legislatura.

“Para o BE é essencial que o descongelamento de carreiras seja feito no período desta legislatura”, sublinhou Catarina Martins, sinalizando que há “apenas dois Orçamentos” do Estado para o fazer.

Para a bloquista, o Governo “empurrou o dossiê do descongelamento das carreiras até agora” e não faz sentido um plano de descongelamento onde seja dito aos trabalhadores que o mesmo só será efetivado “quando este Governo já não for Governo”, ou seja, num prazo superior a dois anos.

A líder do BE falava aos jornalistas em Lisboa, à margem de uma passagem pelo protesto das estruturas representativas dos funcionários da PT/Meo, que convocaram para hoje uma concentração de trabalhadores em frente à sede, exigindo “posições firmes e duras contra a gestão da Altice”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BE exige descongelamento total das carreiras até 2019

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião