Wall Street sobe à boleia do otimismo do FMI

O Fundo Monetário Internacional melhorou as previsões mundiais de crescimento económico. Wall Street foi à boleia do otimismo do FMI e abriu a subir esta terça-feira.

A economia mundial está definitivamente a recuperar na ótica do FMI. A atualização do World Economic Outlook deu gás ao início da sessão em Wall Street. Um dos setores que mais está a valorizar é o da energia.

O Dow Jones está a valorizar 0,37% para os 22.844,88 pontos. Já o S&P 500 sobe 0,4% para os 2.555,03 pontos e o Nasdaq valoriza 0,41% para os 6.606,95 pontos.

Estas subidas registam-se após o relatório do FMI assinalar que praticamente 75% das economias estão em aceleração, o que prova que a recuperação económica está em curso. O Fundo prevê que a economia mundial cresça 3,6% em 2017 e 3,7% em 2018. Acresce que os mercados continuam expectantes face à reforma fiscal de Donald Trump.

Além do setor energético, uma das cotadas que mais sobe é a Wal-Mart cujas ações estão a valorizar 3,35%, depois de a empresa prometer aos investidores que as vendas online vão crescer 40% até 2019.

No final da semana, espera-se que os investidores fiquem com os olhos postos na época de divulgação de resultados do terceiro trimestre. Quinta-feira é a vez dos bancos começaram a revelar as suas contas: a JP Morgan Chase e o Citigroup são os primeiros. Seguem-se o Bank of America e o Wells Fargo na sexta-feira. Empresas como a BlackRock, a Samsung e a Domino’s também vão revelar resultados.

Antes disso, a Fed revela as minutas da última reunião esta quarta-feira. Além disso, alguns responsáveis da Reserva Federal têm discursos marcados durante esta semana, onde podem ser dadas mais pistas sobre os planos de Janet Yellen para o aumento a taxa de juro até ao final do ano.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street sobe à boleia do otimismo do FMI

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião