Teixeira Duarte dispara 11% com novo contrato na Argélia

  • Juliana Nogueira Santos
  • 12 Outubro 2017

A empreitada de 137 milhões da Argélia está a render à Teixeira Duarte uma escalada de 11% na bolsa portuguesa.

A Teixeira Duarte anunciou esta terça-feira aos mercados que conseguiu adjudicar uma empreitada de mais de 130 milhões de euros na Argélia e esta quarta-feira os mercados estão a reagir. As ações da construtora liderada por Pedro Teixeira Duarte seguem a valorizar mais de 11%.

Segundo o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a construtora vai executar uma empreitada de trabalhos marítimos “que inclui a elaboração do projeto, bem como a realização das áreas de trabalho e de transferência, das infraestruturas, das obras de construção civil e ainda o fornecimento e instalação de um elevador de barcos com capacidade de elevação superior a 9.000 toneladas e a respetiva formação de técnicos”. Falando em números, esta representa, ao cambio atual, a cerca de 137 milhões de euros.

Ainda que esta não negoceie no PSI-20, os mercados estão a reagir positivamente a esta notícia, com os títulos da empresa a escalarem 11,48% para 34 cêntimos. Durante esta sessão, os ganhos já ascenderam aos 17,38%, com os títulos a chegar aos 35,8 cêntimos.

O prazo previsto de execução da obra é de 29 meses, sendo que a participação do grupo no agrupamento é de 90,32%.

(Notícia atualizada às 9h40 com mais informação)

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Teixeira Duarte dispara 11% com novo contrato na Argélia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião