PS pronto para aprovar mais despesa no OE2018 por causa dos incêndios

  • Margarida Peixoto e Marta Santos Silva
  • 18 Outubro 2017

Rocha Andrade, ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, afirmou a disponibilidade dos socialistas para aprovar alterações ao OE2018 se for preciso acomodar gastos com vítimas de incêndios.

Fernando Rocha Andrade, ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, foi quem abriu o debate quinzenal desta quarta-feira, pelos socialistas.Paula Nunes/ECO

O PS está disponível para mudar o Orçamento do Estado para 2018 se for preciso aprovar mais verbas para acomodar as medidas imediatas de apoio às vítimas dos incêndios. A garantia foi deixada esta quarta-feira pelo ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rocha Andrade, durante o debate quinzenal com o primeiro-ministro.

O ex-governante começou por contextualizar a ideia que António Costa transmitiu logo a seguir aos fogos de domingo e que foi muito mal recebida. “É quase inevitável que voltemos a enfrentar situações semelhantes,” disse, explicando que as condições de risco deste domingo foram “extremas”, mas “devido em parte à acumulação durante anos desses fatores de risco.” E é por isso que as soluções vão demorar a surtir efeito e que “num futuro próximo” o país poderá ter de enfrentar situações semelhantes.

De seguida, passou para a necessidade de ação. Rocha Andrade defendeu que há medidas que devem ser tomadas no imediato e, nesse sentido, deixou a garantia de que se for preciso mudar o Orçamento do Estado para 2018 no sentido de acrescentar verbas para este efeito, o PS está disponível para aprovar as alterações necessárias.

Mais tarde, durante o debate, o primeiro-ministro António Costa responderia que será preciso, “no quadro da flexibilidade existente” acomodar já as verbas necessárias para arrancar já com o novo quadro que permitirá dar resposta ao problema.

Comentários ({{ total }})

PS pronto para aprovar mais despesa no OE2018 por causa dos incêndios

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião