Liga TV: o novo projeto de futebol profissional

  • ECO
  • 20 Outubro 2017

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) vai lançar o projeto Liga TV, uma plataforma que vai incluir nas redes sociais vários vídeos com conteúdos relacionados com o futebol profissional.

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) vai lançar o projeto Liga TV, uma plataforma que vai incluir nas redes sociais vários vídeos com conteúdos relacionados com o futebol profissional. No futuro, há a possibilidade de parcerias com vários operadores.

Segundo a notícia avançada esta sexta-feira pela Lusa, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) vai lançar em breve um novo projeto, chamado Liga TV, que pretende incrementar nas várias redes sociais, diversos conteúdos relacionados com o futebol profissional, através de vídeos. Uma fonte da LPFP explicou que a Liga TV vai disponibilizar “conteúdos correspondentes aos campeonatos profissionais [I e II ligas], desde declarações dos protagonistas, a atividades da governação, dos parceiros da Liga, dos adeptos”.

Segundo a organização, esta ideia surge da “vontade de aproximação aos adeptos e apaixonados pelo futebol, bem como às Sociedades Desportivas” e no desejo de “mostrar o que de melhor se faz no futebol profissional em Portugal“. Num futuro próximo, há a possibilidade de se vir a estabelecer contratos e produzir conteúdos com outros operadores.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Liga TV: o novo projeto de futebol profissional

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião