Portugal Ventures lança novo fundo de dez milhões para investir em startup portuguesas

  • Lusa
  • 27 Outubro 2017

O Fundo de Capital de Risco Portugal Global Ventures II, agora lançado, constitui a primeira injeção de novo capital (em inglês new money) no perímetro da Portugal Ventures desde a sua criação em 2012

A Portugal Ventures anunciou esta sexta-feira o lançamento do Fundo de Capital de Risco Portugal Global Ventures II, com dez milhões de euros para investir em startup portuguesas de base tecnológica nas áreas do digital, hardware e ciências da vida.

O lançamento deste fundo vai permitir à Portugal Ventures, sociedade pública de capital de risco, “continuar a sua atividade de investimento em empresas com menos de três anos de atividade” e que, por isso, estão numa fase de “elevado risco, mas também de elevado potencial de inovação e desenvolvimento de negócio”, refere em comunicado.

Nos últimos cinco anos, a Portugal Ventures investiu mais de 260 milhões de euros em 116 empresas.

Este fundo é financiado através do Fundo de Capital e Quase-Capital (FC&QC) da Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD), mais conhecida como banco de fomento, e de uma injeção de capital da Portugal Ventures.

No comunicado refere-se também que o Fundo de Capital de Risco Portugal Global Ventures II, agora lançado, constitui a primeira injeção de novo capital (em inglês new money) no perímetro da Portugal Ventures desde a sua criação em 2012.

O presidente executivo da Portugal Ventures, Celso Guedes de Carvalho, reportando-se ao novo fundo disse, em comunicado, que “este novo veículo de investimento permitirá continuar a investir em empreendedores que ambicionam solucionar problemas com modelos de negócio e tecnologias disruptivas”.

Este novo veículo de investimento permitirá continuar a investir em empreendedores que ambicionam solucionar problemas com modelos de negócio e tecnologias disruptivas.

Celso Guedes de Carvalho

Presidente executivo da Portugal Ventures

Já a secretária de Estado da Indústria, Ana Teresa Lehmann, considerou, também citada no comunicado, que “o acesso a financiamento é fundamental para que o ecossistema nacional de ‘startups’ possa crescer, inovar, escalar e internacionalizar-se”.

“O lançamento deste Fundo de Capital de Risco é um instrumento muito relevante para a densificação do nosso ecossistema, potenciando o crescimento das empresas”, salientou a governante.

Alberto Castro, presidente da Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD), afirma, por seu turno, que para que “as elevadas expectativas criadas não saiam frustradas é importante a existência de financiamento especializado como o que a Portugal Ventures propõe”.

E reitera, por parte da IFD, o compromisso “em ser parceiro nesse desígnio”, continuando a desenvolver os instrumentos financeiros necessários para atender a essas expectativas.

A Portugal Ventures é uma sociedade que investe em ‘startup’ portuguesas na fase semente (‘seed’ capital) nas áreas de ‘tech’, ciências da vida e turismo, sendo que tem 18 fundos com 260 milhões de euros de capital sob gestão.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Portugal Ventures lança novo fundo de dez milhões para investir em startup portuguesas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião