Centeno “muito satisfeito” com descida dos juros da dívida

  • Lusa
  • 7 Novembro 2017

Os juros da dívida portuguesa estão em queda, recuando para mínimos de 2015. Uma evolução que deixa Mário Centeno, o ministro das Finanças, “muito satisfeito” .

O ministro das Finanças manifestou-se, em Bruxelas, “muito satisfeito” com “as excelentes condições de financiamento que hoje a economia portuguesa tem”, apontando que isso também deixa o Governo ainda mais certo do caminho que está a seguir.

Em declarações aos jornalistas no final de uma reunião de ministros das Finanças da União Europeia (Ecofin), num dia em que os juros da dívida portuguesa continuavam a descer para novos mínimos a dois, cinco e dez anos, tendo no prazo mais longo recuado para níveis abaixo dos 2%, Mário Centeno comentou que esta “é uma marca muito relevante, com os diferenciais em relação à Itália e Espanha também em mínimos de muitos, muitos meses”.

“Isto é o resultado da condução da política orçamental em Portugal, da capacidade que temos tido em reduzir a dívida”, disse, apontando a propósito que “vai concretizar-se, muito brevemente, mais um pagamento antecipado ao FMI, de um valor próximo dos três mil milhões de euros”, o que ”permite reduzir o custo médio do endividamento, mantendo a maturidade média da dívida e reforçando o que são muito boas condições de financiamento da economia portuguesa”.

“Os dados que temos tido, quando comparados com aquilo que era a posição de análise da situação da economia portuguesa há um ano, são extremamente positivos e isso deixa-nos muito contentes e muito certos do caminho que estamos a trilhar”, completou.

Os juros da dívida portuguesa continuavam hoje cerca das 11h45 em Lisboa a descer para novos mínimos a dois, cinco e dez anos, tendo no prazo mais longo recuado para níveis abaixo dos 2%.

Os juros a dez anos estavam a descer para 1,975%, um mínimo desde o início de maio de 2015, contra 2,013% na segunda-feira. No prazo de cinco anos, os juros também estavam a recuar, para 0,665%, um mínimo de sempre, contra 0,697% na segunda-feira. Os juros a dois anos estavam a cair para -0,213%, um novo mínimo de sempre, contra -0,201% na segunda-feira.

Comentários ({{ total }})

Centeno “muito satisfeito” com descida dos juros da dívida

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião