Pitch U: A empresa do dia 3 de Web Summit é…

Se pensa que os postais eram um hábito do passado, esta startup francesa quer-lhe mostrar que não é assim, adicionando-lhe personalização, rapidez e até realidade aumentada.

Na era digital, os postais parecem ter já passado de moda. Os turistas deixaram de comprar estes souvenires a partir do momento em que podem eles próprios fazê-lo com o aparelho que todos os dias trazem no bolso. Mas há uma startup francesa que quer mudar isto. Com uma bicicleta elétrica, um tablet e uma impressora, a Postmii deixa-o personalizar os seus postais, imprimir e depois enviá-los, sem trabalho, para quem quiser.

“Nos tablets está uma app onde pode fazer os seus postais usando filtros ou realidade aumentada como no Snapchat”, conta Geoffrey Costilhes, CEO. “No final, é só voltar à bicicleta, retirar um selo e um envelope e pôr na caixa do correio.”

As bicicletas elétricas da Postmii estão nas ruas de Paris e do Porto com o CEO da empresa a afirmar que a partir do próximo ano elas podem passar a estar em todo o mundo. “Estamos a produzir mais mil bicicletas e vão estar em todo o mundo, porque em janeiro vamos abrir licenciamento e qualquer um vai poder comprar ou alugar este serviço no seu país ou cidade”, explica ao ECO o CEO da empresa.

Durante esta edição do Web Summit, o ECO vai selecionar uma empresa por dia por entre Alphas e Starts, para que possa visitar os pavilhões da FIL sem ter de sair do lugar. Esta foi a que nos convenceu no terceiro dia.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Pitch U: A empresa do dia 3 de Web Summit é…

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião