Airbnb estipula prazo máximo nas estadias em Paris

  • ECO
  • 14 Novembro 2017

Paris é a terceira cidade europeia a impor restrições às plataformas de arrendamento de curto prazo, depois Londres e Amesterdão.

A Airbnb alinhou com as intenções dos reguladores parisienses. A partir do próximo mês de janeiro, as rendas temporárias não poderão superar os 120 dias por ano na capital francesa. A medida tem vindo a ser implementada noutras cidades europeias como Londres e Amesterdão.

A medida vai avançar depois de Paris ter decretado o registo de todos os apartamentos destinados ao arrendamento de curto prazo junto da câmara municipal a partir de dezembro.

França é o segundo maior mercado da Airbnb, com mais de 400.000 de imóveis registados para arrendamento temporário, a seguir aos Estados Unidos. Só a cidade de Paris conta com 65.000.

O serviço de arrendamento tem vindo a enfrentar as instâncias regulamentares. Em causa está um possível lobbying da indústria hoteleira, que vê estas novas plataformas como concorrentes desleais.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Airbnb estipula prazo máximo nas estadias em Paris

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião