Infarmed vai mudar-se de Lisboa para o Porto

O ex-presidente do Infarmed Eurico Castro Alves elogiou a decisão do Governo como corajosa. O ministro da Saúde anunciou que a transferência acontecerá em janeiro de 2019.

A Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) vai ter a sua sede no Porto em vez de Lisboa, anunciou, em declarações transmitidas pela SIC Notícias, o ministro da Saúde Adalberto Campos Fernandes. O Infarmed será deslocalizado para o Porto na sequência do fim da corrida europeia para a próxima cidade sede da Agência Europeia do Medicamento, em que o Porto ficou em sétimo lugar, perdendo para Amesterdão, na Holanda.

A mudança deverá acontecer em janeiro de 2019, disse o ministro da Saúde, que destacou que “se dúvidas houvesse sobre a capacidade da região Norte, elas foram completamente desfeitas”. Sobre a situação dos trabalhadores do Infarmed que atualmente vivem e trabalham em Lisboa, o ministro afirmou que há pela frente “um ano de trabalho” para resolver essas situações, e que um pólo da organização permanecerá em Lisboa.

Rui Moreira explicou, num encontro com os jornalistas, que dos 400 trabalhadores em Lisboa, nem todos deverão ser deslocalizados para o Porto. Ainda não existe um local escolhido para a instalação do Infarmed, mas o presidente da Câmara do Porto afirmou que as instalações propostas na candidatura à Agência Europeia do Medicamento podem participar na consideração. O responsável pela transferência do Infarmed vai ser o vereador da Economia, Ricardo Valente.

O ex-presidente do Infarmed Eurico Castro Alves disse ao Jornal de Notícias que o passo do Governo em mudar a localização do Infarmed é corajoso, já que “simbolicamente faz todo o sentido que estas instituições estejam sediadas longe do centro do poder”.

O Infarmed tem autonomia administrativa e financeira, mas é tutelado pelo Ministério da Saúde.

Notícia atualizada às 17:15 com as declarações do ministro da Saúde e do presidente da Câmara do Porto.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Infarmed vai mudar-se de Lisboa para o Porto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião