Já há produtoras americanas interessadas em filmar em Portugal

O Governo quer criar "o regime fiscal mais apelativo do mundo" para atrair produções internacionais de cinema. Para já, está a organizar viagens com realizadores de vários países.

O Governo quer trazer produções internacionais para Portugal e está a organizar viagens com realizadores estrangeiros, para que conheçam o país e decidam rodar as filmagens por cá. O feedback tem sido “muitíssimo positivo” e já há produtoras interessadas em filmar em Portugal, incluindo norte-americanas e indianas, as maiores potências do cinema internacional.

Questionada pelo ECO sobre se já há manifestações de interesse por parte de produtoras internacionais, Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo, confirma esse interesse e detalha que o Governo está a “organizar viagens pelo país com realizadores” para que estes fiquem a conhecer Portugal. “O feedback que estamos a ter é muitíssimo positivo”, acrescentou a governante, à margem do 43º Congresso Nacional da Associação das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), que este ano decorre em Macau.

Há produtoras de vários países, mas sobretudo dos Estados Unidos e da Índia, os dois países que têm sido o foco do Governo para promover Portugal como destino de filmagens. Ana Mendes Godinho não revela, para já, nomes de produtoras ou realizadores interessados em Portugal.

A estratégia surge no âmbito de um fundo que será criado no próximo ano, para atrair a realização de filmes em Portugal. Este fundo, criado pelo Turismo de Portugal e que também servirá para atrair grandes eventos, terá uma dotação de 50 milhões de euros e, no próximo ano, irá disponibilizar 10 milhões para apoiar as produções cinematográficas.

"[Queremos] tornar Portugal no destino mais competitivo para filmagens em todo o mundo. Vamos conseguir criar em Portugal o regime fiscal mais apelativo do mundo para filmagens.”

Ana Mendes Godinho

Secretária de Estado do Turismo

O objetivo do Governo é tornar Portugal no destino “mais competitivo do mundo para filmagens”, salientou a secretária de Estado. “Vamos conseguir criar em Portugal o regime fiscal mais apelativo do mundo para filmagens“.

A jornalista viajou a Macau a convite da Agência Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT).

Comentários ({{ total }})

Já há produtoras americanas interessadas em filmar em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião