Direto Maioria de esquerda, PAN e CDS reafirmam: duodécimos acabam

  • Margarida Peixoto
  • 24 Novembro 2017

No terceiro dia de debate na especialidade do OE, os partidos reafirmaram o fim do regime de duodécimos dos subsídios de Natal e férias. Mas desta vez o CDS prometeu recuperar a ideia na lei laboral.

Os deputados discutiram esta sexta-feira o Orçamento do Estado na especialidade, pelo terceiro dia consecutivo. O fim do regime de duodécimos dos subsídios de férias e Natal voltou a ser debatido e reavaliado, mas os partidos repetiram a votação da véspera e a decisão manteve-se. Ainda assim, numa declaração de voto o CDS prometeu recuperar o regime, mas na lei laboral.

No primeiro dia tinham sido aprovadas algumas das medidas emblemáticas do OE2018, como é o caso do aumento extra das pensões, o fim do corte de 10% no subsídio de desemprego e o aumento da transparência nas cativações. No segundo dia ficou decidido que o regime de duodécimos também termina para o setor privado — não é só para a função pública — e que a derrama sobe mesmo. As votações correspondentes ao debate do dia de hoje estão agendadas para as 15 horas.

O ECO vai acompanhou o debate desta manhã em direto. Releia as intervenções.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Maioria de esquerda, PAN e CDS reafirmam: duodécimos acabam

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião