Desemprego na Catalunha com maior subida desde 2009

  • ECO
  • 4 Dezembro 2017

Catalunha contava em novembro com mais 7.400 desempregados, a maior subida desde 2009. No conjunto de Espanha, o desemprego também aumentou, como é habitual neste mês.

O desemprego registado em Espanha aumentou em novembro, mas a evolução é ainda mais expressiva na Catalunha, que registou a maior subida desde 2009.

De acordo com o jornal espanhol El País, é normal que o desemprego aumente em Espanha em novembro e os dados até são menos negativos do que os registados no ano passado. Mas na Catalunha e Baleares, o desemprego registado disparou.

No conjunto de Espanha, observou-se um aumento em 7.255 desempregados — ainda assim, no mesmo mês de 2016, a subida aproximava-se dos 25 mil, indica o jornal. Mas na Catalunha, o número de desempregados cresceu agora em cerca de 7.400 (que compara com mais de 11 mil no mesmo período do ano passado), avançam dados do Ministério do Emprego citados pelo jornal.

O desemprego mensal só aumentou no subsetor dos serviços (23.048), tendo reduzido na construção (3.727), indústria (2.977) e agricultura (2.929), assim como no conjunto de pessoas sem emprego anteriormente (6.160).

A inscrição na Segurança Social, que permite aferir o número de empregados, caiu em 12.775 em Espanha, um dados menos negativo comparando com 2016, quando a queda se aproximou de 33 mil.

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Desemprego na Catalunha com maior subida desde 2009

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião