Rajoy não quer eleições antecipadas nem encontro com Puigdemont

O primeiro-ministro espanhol disse esta sexta-feira que não pretende convocar eleições antecipadas e que apenas se encontrá com a vencedora das eleições.

O presidente do Governo espanhol afirmou que não pretende convocar eleições antecipadas e já recusou o convite de Puigdemont.

Esta sexta-feira, o ex-líder da Generalitat catalã disse que estaria disponível para se reunir com Mariano Rajoy, numa reunião que poderia acontecer em qualquer país da UE e onde seria discutido o futuro da Catalunha. No entanto, Mariano Rajoy já recusou o convite, acrescentado que apenas se reunirá com a vencedora das eleições. “Tenho que me sentar com quem ganhou as eleições, que foi a senhora Arrimadas“, disse.

Esta manhã, durante uma conferência, Rajoy começou por dizer: “Conseguimos votos suficientes para nos levar a bom porto“, lamentando o facto de os independentistas terem conseguido a maioria absoluta. “O negativo foi não termos tido os números que queríamos”, afirmou.

Acrescentou ainda que não pretende convocar eleições antecipadas, pois não tem “nenhuma intenção de adiantar as eleições gerais”. Face aos resultados destas eleições, Rajoy afirmou que fica comprovada que “a Catalunha não é monolítica, surgindo, assim, uma Catalunha plural”, que deve ser respeitada e cuidada.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Rajoy não quer eleições antecipadas nem encontro com Puigdemont

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião