Leitão Amaro não quer liderança do grupo parlamentar do PSD

"Digo de uma forma frontal. Essa questão não existe, nem há essa conversa, nem há esse convite, nem nunca falei com Rui Rio sobre esse assunto", diz Leitão Amaro.

António Leitão Amaro garante que não está interessado em assumir a liderança parlamentar do PSD e que o grupo parlamentar do PSD não vai desestabilizar a liderança de Rui Rio.

Questionado pela SIC Notícias, na segunda-feira à noite, no espaço habitual de comentário, se seria está disponível para ser líder da bancada parlamentar do PSD, Leitão Amaro foi perentório: “Digo de uma forma frontal. Essa questão não existe, nem há essa conversa, nem há esse convite, nem nunca falei com Rui Rio sobre esse assunto”. Leitão Amaro perante a insistência dos jornalistas, disse mesmo que não está interessado no cargo. “Não tenho interesse nesse cenário”, frisou.

Digo de uma forma frontal. Essa questão não existe, nem há essa conversa, nem há esse convite, nem nunca falei com Rui Rio sobre esse assunto. Não tenho interesse nesse cenário.

António Leitão Amaro

Vice-presidente da bancada parlamentar do PSD

Recorde-se que foi José Eduardo Martins, um dos críticos internos de Pedro Passos Coelho, que lançou o nome de Leitão Amaro para a presidência da bancada, durante o fim de semana. À TSF, o social-democrata sugeriu que Leitão Amaro será um melhor líder parlamentar para o PSD, chegando a comentar “António Costa que se cuide”. “Há uma maioria da população que não se revê nesta governação de António Costa”, assegurou José Eduardo Martins.

O vice-presidente da bancada do PSD deixou ainda uma nota de tranquilidade quanto aquela que será a atuação do grupo. “O grupo parlamentar do PSD é e vai ser um elemento de estabilidade e nunca de desestabilização”, disse. Leitão Amaro lembrou que o atual presidente, Hugo Soares, se vai encontrar com Rui Rio. Um encontro que está agendado para as próximas duas semanas, mas que ainda não tem data marcada. “Confio em ambos que vão chegar a uma conclusão”, disse, recordando que Hugo Soares está em funções e que “o grupo parlamentar sempre atuou de forma leal”.

O grupo parlamentar do PSD é e vai ser um elemento de estabilidade e nunca de desestabilização.

António Leitão Amaro

Vice-presidente da bancada parlamentar do PSD

A SIC Notícias avançou que dificilmente o presidente da bancada será o mesmo, citando fontes próximas do partido. A permanência de Hugo Soares na liderança da bancada tem suscitado divisões no seio do partido. Por exemplo Marques Mendes no seu espaço de comentário semanal na SIC defendeu que Hugo Soares deveria colocar o seu cargo à disposição. Já Paula Teixeira da Cruz, antiga ministra da Justiça, defendeu que seria um erro Rui Rio afastá-lo já que este é um órgão eleito recentemente e que goza de autonomia.

Questionado porque revelou tão tarde o seu apoio a Rui Rio, Leitão Amaro explicou que “a principal razão” que o fez “optar pelo voto em Rui Rio foi sentir nele um sentido de urgência em avançar com reformas estruturais no país e no partido”. E demorou porque não conhecia bem os dois candidatos à liderança, sendo importante a campanha “para perceber a opinião de ambos”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Leitão Amaro não quer liderança do grupo parlamentar do PSD

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião