AXA compra Dolce Vita Tejo

AXA acaba de anunciar que chegou a acordo com o fundo norte-americano Baupost para adquirir o Dolce Vita Tejo. Negócio envolve 230 milhões de euros.

Está agitado o mercado dos centros comerciais em Portugal. A AXA Investment Managers acaba de anunciar que chegou a acordo para adquirir o Dolce Vita Tejo, pelo montante de 230 milhões de euros.

A AXA através de comunicado, citado pelo Jornal de Negócios, adianta que atuou em nome de clientes e que o acordo foi fechado com os atuais proprietários daquele que é o segundo maior centro comercial do país: os norte-americanos da Baupost e os britânicos do Eurofund. Estes últimos continuarão como partner do projeto.

O Dolce Vita Tejo tinha sido adquirido, em janeiro de 2015, à Chamartin Imobiliária, por 170 milhões de euros. A AXA adianta no mesmo comunicado que o Dolce Vita Tejo tem uma área de 80 mil metros quadrados e 274 lojas, e recebe 15 milhões de visitantes por ano.

“Esta aquisição representa mais uma evidência da nossa confiança na recuperação do mercado do sul da Europa e providenciou-nos uma oportunidade única de entrar na capital portuguesa”, afirma Hermann Montenegro, responsável da AXA Investment Managers para o mercado ibérico.

Este negócio acontece depois de já este ano, a Sonae Sierra ter vendido o Maia Shopping e o Guimarães Shopping à Ocidental, do grupo Ageas.

Comentários ({{ total }})

AXA compra Dolce Vita Tejo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião