Sonae Sierra quer 500 milhões com três shoppings em Espanha

Depois de vender centros comerciais em Portugal, a Sonae Sierra volta às vendas, mas em Espanha. Quer alienar três shoppings no país vizinho para encaixar 500 milhões.

A Sonae Sierra continua a vender ativos. Depois de vender centros comerciais em Portugal, agora pôs à venda, juntamente com a Global Investors, três shoppings no país vizinho. Só com três unidades em Espanha, a empresa portuguesa pretende encaixar cerca de 500 milhões de euros.

Gran Casa, Max Center e Valle Real são os três complexos que as duas empresas terão colocado no mercado, de acordo com fontes próximas do processo citadas pelo Cinco Dias (conteúdo em espanhol). A Sonae Sierra, que recusou comentar a operação, e a Global Investors escolheram a CBRE e a JLL para encontrarem compradores.

A expectativa da Sonae Sierra é, de acordo com o diário espanhol, obter uma soma em torno dos 500 milhões de euros com estas três unidades, valor que se somará a outros milhões que obterá com as vendas de centros comerciais no mercado nacional, realizadas através do Sierra Fund.

O Sierra Portugal Fund, fundo gerido pela Sonae Sierra, anunciou recentemente a venda do Albufeira Shopping e do Centro Comercial Continente de Portimão ao CA Património Crescente, da responsabilidade da Square Asset Management. A venda destas duas unidades rendeu à Sonae Sierra 35 milhões de euros, de acordo com o Jornal de Negócios. Antes deste negócio, ainda no final do ano passado, o fundo vendeu o Maiashopping e o GuimarãeShopping à seguradora Ocidental.

A Sonae Sierra, um dos grandes players neste momento de grande atividade no imobiliário de retalho, confirma que a reciclagem de capital tem feito parte da sua estratégia. Vender “ativos maduros e não estratégicos” e adquirir outros “com potencial para criação de valor” de modo a “fazer crescer o seu negócio”, explicou ao ECO Manuel Morete, diretor da Área de Investimento e Gestão de Ativos da Sonae Sierra em Portugal, no seguimento das vendas anunciadas em Portugal.

Estamos agora numa fase favorável do ciclo do mercado imobiliário e o interesse dos investidores no mercado imobiliário de Portugal e Espanha não para de crescer”, afirmou.

Comentários ({{ total }})

Sonae Sierra quer 500 milhões com três shoppings em Espanha

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião