Lucros da Sonae Sierra caem. Investimento na Roménia baralha contas

O resultado líquido da empresa foi de 77,8 milhões de euros nos nove primeiros meses de 2017, 16 aquém do registado em 2016, ano que contou com o impacto favorável da abertura do ParkLake na Roménia.

A Sonae Sierra encerrou os nove primeiros meses de 2017, com uma quebra dos seus lucros. Estes recuaram 16% face ao mesmo período de 2016, altura em que contou com um efeito positivo nas suas contas resultante da abertura de um centro comercial na Roménia, segundo informou a empresa em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A empresa liderada por Fernando Guedes de Oliveira acumulou, entre janeiro e setembro, lucros de 77,8 milhões de euros, um valor que fica aquém do resultado líquido de 92,6 milhões de euros alcançado no período homólogo. “Este decréscimo de 16% deve-se sobretudo à diminuição do Resultado Indireto, que nos primeiros nove meses de 2016 contou com o impacto favorável da abertura do ParkLake, na Roménia“, explica a empresa do setor imobiliário no comunicado. Ainda assim a Sonae Sierra explica que “o Resultado Indireto foi parcialmente compensado pelo aumento das margens nos Serviços e pelo Resultado Direto do portefólio da Empresa no Brasil”.

O Resultado Direto subiu 12%, para os 45,2 milhões de euros, “valor que reflete um maior EBIT em todo o portefólio da Sonae Sierra na Europa e no Brasil e melhores Resultados Financeiros”, segundo a empresa. Por sua vez, o Resultado Indireto, de 32,5 milhões de euros, registou uma quebra de 19,8 milhões em relação aos primeiros nove meses do ano passado, “devido sobretudo à diminuição dos ganhos realizados com vendas”.

A Sonae Sierra explica ainda que reforçou a sua atividade de prestação de serviços no terceiro trimestre de 2017, através da assinatura de novos contratos com clientes e investidores. “Este ano já foram assinados 119 contratos de serviços de desenvolvimento, 12 para serviços de gestão de centros comerciais e 14 para serviços de gestão de investimentos“, diz a Sonae Sierra.

(Notícia atualizada às 18h53 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lucros da Sonae Sierra caem. Investimento na Roménia baralha contas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião