Comissão Europeia vai investigar compra da Shazam pela Apple

"A Comissão considera que a transação pode ameaçar ou afetar negativamente a competição no Espaço Económico Europeu", diz Bruxelas.

A Comissão Europeia está a investigar a compra da Shazam pela Apple. “A transação pode ameaçar ou afetar negativamente a competição no Espaço Económico Europeu”, lê-se na nota de imprensa.

O requerimento para a investigação veio de sete países Europeus: Áustria, a primeira a avançar com a proposta, e França, Islândia, Itália, Noruega, Espanha e Suécia, que também quiseram subscrever. A negociação irá ser submetida a uma análise à luz da regulamentação para aquisições e fusões da União Europeia.

“Tendo em conta os elementos submetidos pela Áustria e restantes países que se juntaram ao requerimento, e sem prejuízo dos resultados da investigação, a Comissão considera que a transação pode ameaçar ou afetar negativamente a competição no Espaço Económico Europeu”, diz Bruxelas.

A Comissão Europeia irá agora pedir à Apple que proceda à notificação oficial da transação. A Shazam é uma empresa britânica que se dedica à distribuição e desenvolvimento de aplicações para reconhecimento de música através do smartphones, tablets e computadores.

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Comissão Europeia vai investigar compra da Shazam pela Apple

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião