Embaixador alemão alerta para “valor simbólico” da Autoeuropa

  • ECO
  • 16 Fevereiro 2018

O apetite dos investidores pode ser diminuído pelos conflitos laborais na Autoeuropa, avisa Weil. Ainda assim, deixa elogios aos trabalhadores.

Christof Weil, embaixador da Alemanha em Portugal, deixou alertas relativamente ao conflito laboral na Autoeuropa, especialmente no que diz respeito ao contágio aos restantes investidores. Numa conferência organizada pelo Millennium BCP, no Porto, Weil afirmou que espera que tudo fique resolvido, “até porque a Volkswagen tem um valor simbólico para outros investidores e para o próprio ambiente de investimento em Portugal”

Em declarações citadas esta sexta-feira pelo Jornal de Negócios, Weil afirma que “as adaptações na produção têm de ser feitas”, estando em causa a produção de um novo modelo que proporciona a contratação de mais de dois mil trabalhadores. Ainda assim, o embaixador elogiou os trabalhadores que os investidores têm encontrado em território nacional.

Segundo Weil, estes são “motivados, leais, produtivos, bem treinados, com uma atitude de resolução de problemas e competências linguísticas”. Com tudo isto, os salários “desenvolvem-se moderadamente e continuam a ser competitivos”, conferindo a Portugal “uma boa competitividade, mesmo em comparação com a Alemanha”.

Nas últimas semanas, a Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa tem estado em negociações com a administração para determinar o aumento salarial de 2018, uma negociação que habitualmente se realiza em setembro do ano anterior, mas que foi atrasada devido às sucessivas dificuldades em fazer aprovar um acordo de empresa para o novo horário.

Este ano, a partir de 29 de janeiro, a empresa decidiu impor um horário de 17 turnos que inclui o trabalho obrigatório ao sábado e um turno noturno da meia-noite às 7h00. A Comissão de Trabalhadores, dirigida agora por Fernando Gonçalves, pretendia um aumento de 6,5% em 2018, com um mínimo de 50 euros, enquanto a administração da fábrica tinha como proposta aumentos de 3% em 2018 e de 2% em 2019. As negociações têm decorrido à porta fechada.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Embaixador alemão alerta para “valor simbólico” da Autoeuropa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião