Marcelo nomeia Sampaio da Nóvoa para a UNESCO

  • Lusa
  • 24 Fevereiro 2018

Seguindo as indicações do Conselho de Ministros, o Presidente da República escolheu Sampaio da Nóvoa para representar Portugal neste órgão das Nações Unidas, com sede em Paris.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou hoje que nomeou António Sampaio da Nóvoa como representante permanente de Portugal junto da UNESCO, em Paris, seguindo a proposta do Conselho de Ministros, aprovada no início deste mês.

“Sob proposta do Governo, o Presidente da República nomeou hoje o Prof. Doutor António Sampaio da Nóvoa como Representante Permanente de Portugal junto da UNESCO, em Paris”, lê-se numa nota colocada hoje no site da Presidência da República.

A 8 de fevereiro, o Conselho de Ministros tinha aprovado a nomeação do professor e antigo candidato presidencial para a chefia da missão permanente de Portugal junto da UNESCO, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, depois de os diplomatas terem contestado esta escolha do Governo.

“Foi proposta a nomeação de António Manuel Seixas Sampaio da Nóvoa para a chefia permanente de Portugal junto da Organização para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO)”, informa o comunicado do Conselho de Ministros de então.

Esta decisão de escolher o professor e antigo candidato presidencial Sampaio da Nóvoa já tinha sido contestada pela Associação Sindical dos Diplomatas Portugueses, que manifestou “completa surpresa e estranheza” perante esta escolha. Os diplomatas pediram ao Governo que reconsiderasse esta escolha, mas o Executivo garantiu então “que o processo seguirá o seu curso”. Contactado pela Lusa, o presidente da assembleia-geral da associação, o embaixador Manuel Marcelo Curto considerou então que “para um posto diplomático, nomeia-se um diplomata”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Marcelo nomeia Sampaio da Nóvoa para a UNESCO

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião