NAV oficializa na quarta-feira acesso a novo sistema de gestão do espaço aéreo

  • Lusa
  • 13 Março 2018

A NAV assina na quarta-feira a adesão à Aliança COOPANS, que dá acesso a um novo sistema de gestão do espaço aéreo para responder nomeadamente ao “imprevisto aumento” do tráfego em Lisboa.

A NAV – Navegação Área de Portugal assina na quarta-feira a adesão à Aliança COOPANS, que dá acesso a um novo sistema de gestão do espaço aéreo para responder nomeadamente ao “imprevisto aumento” do tráfego em Lisboa.

Com as presenças do ministro do Planeamento e das Infraestruturas e do secretário de Estado das Infraestruturas, a cerimónia irá oficializar a entrada da NAV Portugal na aliança que integra os prestadores de serviços de navegação aérea da Áustria, Croácia, Dinamarca, Irlanda e Suécia.

“A decisão de aderir à Aliança COOPANS teve como pressuposto estratégico proporcionar à NAV Portugal um melhor posicionamento para fazer face aos desafios tecnológicos e de procedimentos colocados aos Prestadores de Serviços de Navegação Aérea pelas Diretivas, requisitos e definições do Céu Único Europeu”, segundo uma nota da NAV.

"A decisão de aderir à Aliança COOPANS teve como pressuposto estratégico proporcionar à NAV Portugal um melhor posicionamento para fazer face aos desafios tecnológicos e de procedimentos colocados aos Prestadores de Serviços de Navegação Aérea pelas Diretivas, requisitos e definições do Céu Único Europeu.”

NAV - Navegação Área de Portugal

No texto lê-se que a adesão visa ainda “fazer face ao forte e imprevisto aumento do tráfego registado ao longo dos últimos anos na Região de Informação de Voo (RIV) de Lisboa”.

“Esta evolução tecnológica que representa o novo sistema de gestão de tráfego aéreo é crucial para permitir à NAV Portugal continuar a fazer face ao forte incremento de tráfego registado na RIV de Lisboa nos últimos anos e deste modo contribuir de forma ativa para o crescimento económico nacional”, lê-se.

Na aliança COOPANS os membros têm tratamento paritário, as decisões dos órgãos são tomadas por unanimidade e “utilizam um sistema de gestão de tráfego aéreo comum, atualmente já testado e em operação em sete centros de controlo de Tráfego Aéreo”. Esse sistema “tem capacidade para evoluir, num quadro de participação coletiva, mediante a partilha dos respetivos custos e recursos”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

NAV oficializa na quarta-feira acesso a novo sistema de gestão do espaço aéreo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião