Revista de imprensa internacional

  • ECO
  • 15 Março 2018

Da Unilever a Trump, passando pela banca grega e a manifestação de reformados franceses. O que marca a imprensa internacional?

Em França, os reformados manifestam-se. E no Reino Unido, a polémica em torno do assassinato de um ex-espião continua em destaque. Mais longe, na Serra Leoa, as notícias dão conta das primeiras eleições baseadas em blockchain. Veja os destaques da imprensa internacional.

Financial Times

Unilever retira sede do Reino Unido

A Unilever escolheu a Holanda, em detrimento do Reino Unido, para local de uma única sede. A empresa, uma das maiores na área do consumo, tem atualmente duas sedes, em Roterdão e em Londres. A Unilever continuará listada em Londres, Amesterdão e Nova Iorque e já indicou que os empregos no Reino Unido serão mantidos. Esta escolha acaba por ser um golpe para Theresa May, já que será entendida pelos críticos como um sinal de menor confiança face ao Brexit. Leia a notícia completa no Financial Times (conteúdo em inglês/acesso pago)

BBC

Trump apoia decisão britânica de expulsar diplomatas russos

A Casa Branca está solidária com o Reino Unido e já disse que apoia a decisão do país de expulsar 23 diplomatas russos. Este passo surge na sequência do envenenamento de um ex-espião, um acontecimento com o qual Moscovo rejeita ligações, tendo já avançado que está a preparar medidas de retaliação. O porta-voz do presidente norte-americano, Donald Trump, acusou a Rússia de minar a segurança dos países. Leia a notícia na BBC (conteúdo em inglês).

Le Monde

Reformados manifestam-se hoje

Os sindicatos chamam os reformados franceses à rua esta quinta-feira, em defesa do poder de compra. O principal motivo de contestação é o aumento da contribuição social para 60% dos pensionistas no início do ano. O Le Monde aproveita a ocasião para fazer o ponto de situação das pensões. O que está em causa? Uma “geração dourada” ou o descontentamento legítimo de quem vê o rendimento cair mês após mês? Leia mais aqui (conteúdo em francês).

Ekathimerini

Bancos dão última oportunidade a devedores

Na Grécia, os bancos estão a dar uma última oportunidade aos devedores para liquidarem valores em falta, com descontos que podem chegar a 95%, antes de avançarem com a venda das carteiras de malparado a fundos estrangeiros. De acordo com a edição em inglês do Ekathimerini, as estimativas indicam que mais de 500 mil receberam — ou vão receber — cartas dos bancos, a pedir que paguem uma pequena parte da dívida em incumprimento, beneficiando de um haircut generoso, entre 70% e 95%. Veja a notícia completa aqui (conteúdo em inglês).

Techcrunch

Serra Leoa fez a primeira eleição baseada em blockchain

A Serra Leoa foi a votos no dia 7 de março mas desta vez houve uma novidade em destaque. Esta foi a primeira eleição baseada em blockchain. A tecnologia armazenou votos de forma anónima num registo imutável, oferendo acesso instantâneo aos resultados das eleições. A notícia é do Techcrunch (acesso em inglês).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Revista de imprensa internacional

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião