Conselho para assuntos laborais da Altice já tomou posse

  • ECO
  • 29 Março 2018

O Conselho Consultivo que foi criado para garantir a "paz social" entre a administração da Altice Portugal e os trabalhadores tomou posse esta quinta-feira.

O Conselho Consultivo que foi criado para promover a paz social entre a administração da Altice Portugal e os trabalhadores da companhia tomou posse esta quinta-feira. É presidido pelo antigo líder da UGT, João Proença, e pelo ex-ministro do Emprego, José Silva Peneda, que assumem funções para os próximos três anos.

No evento de formalização, João Proença mostrou-se confiante de que este novo órgão da dona da Meo “terá um papel relevante” e sublinhou o caráter inovador, dado que é o primeiro a ser criado nas empresas portuguesas, assinala a empresa em comunicado. Já José Silva Peneda diz ter aceitado o cargo por ser um “desafio estimulante”.

Alexandre Fonseca, CEO da Altice, rodeado dos membros do recém-oficializado Conselho Consultivo.

A compor o conselho estão três vogais: Susana Afonso, advogada na área do Direito do Trabalho, Direito da Segurança Social e Contencioso Laboral, Ana Rita Lopes, diretora de Recursos Humanos da Altice Portugal, e Maria Dalila Araújo Teixeira, Consultora Especial do Comité Executivo.

Na perspetiva do presidente executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, o objetivo é “ajudar a estabelecer pontes, ajudar a estabelecer diálogos que possam contribuir para a via da paz social dentro da organização”. Desta forma, o gestor acredita que a Altice se coloca “na vanguarda das relações laborais e empresariais ao nível nacional”.

O novo órgão surgiu na sequência das reivindicações dos trabalhadores e da polémica da transmissão de funcionários da empresa para subsidiárias ou empresas parceiras do grupo. Um assunto que também motivou uma greve em meados do ano passado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Conselho para assuntos laborais da Altice já tomou posse

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião