Fotogaleria: Acionistas da EDP aprovam contas e nova gestão

  • Ana Batalha Oliveira
  • 5 Abril 2018

Os acionistas da elétrica estão reunidos esta quinta-feira em assembleia geral. António Mexia prepara-se para um novo mandato.

A assembleia-geral da EDP, na qual será oficializado o quinto mandato de António Mexia à frente da elétrica, está a decorrer esta tarde na sede da empresa. O evento reúne os membros do Conselho Executivo com os grandes acionistas, como a China Three Gorges. Para além da aprovação dos órgãos de gestão, vão ser discutidas as contas de 2017 e o destino que vão ter os recursos da elétrica.

No centro da mesa vão estar as contas individuais e consolidadas de 2017, acompanhadas do parecer do Conselho Geral de Supervisão. Segue-se a deliberação sobre a “aplicação de resultados do exercício de 2017”, lê-se na convocatória.

Gestores e acionistas da EDP à entrada da AG

Para o final do encontro fica a aprovação dos líderes que estarão à frente da elétrica nos próximos três anos. Uma das novidades é Luís Amado, ex-ministro socialista, que será o novo presidente do Conselho Geral de Supervisão, em substituição de Eduardo Catroga, ex-ministro social-democrata. Também está presente a única “aquisição” que chega de fora do universo EDP. É Vera Pinto Pereira, que deixou o cargo de managing diretor da Fox na Península Ibérica.

António Mexia mantém-se na posição de CEO, pelo quinto mandato consecutivo, apesar de no último ano se ter deparado com eventos com potencial para abalar a sua liderança. Foi constituído arguido no âmbito do caso dos CMEC, enfrentando acusações de corrupção, e a ERSE anunciou que quer cortar as rendas decorrentes destes contratos em 167,1 milhões de euros nos próximos dez anos. O alegado apoio à intenção de fusão da espanhola Gas Natural com a EDP também terá desagradado aos acionistas chineses.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fotogaleria: Acionistas da EDP aprovam contas e nova gestão

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião