Volkswagen cria capas de telemóvel, feitas a partir de metais de carros, para prevenir acidentes rodoviários

  • Rita Frade
  • 27 Abril 2018

A Volkswagen criou capas de telemóvel, feitas a partir de metais de destroços de carros, para incentivar os condutores a não utilizarem o telemóvel enquanto conduzem.

Será que uma capa de metal, feita a partir de destroços de carros, iria fazer com que pensasse duas vezes antes de pegar no telemóvel enquanto conduz? A Volkswagen acredita que sim.

Em parceria com a organização sueca Trafikskadefonden, a fabricante de automóveis alemã criou as Crashed Cases: capas de telemóvel feitas, precisamente, a partir de metal de carros acidentados.

Ao todo são 153, o número de capas produzidas, sendo que cada uma delas representa o número de acidentes ocorridos, desde que foi proibido, em fevereiro, na Suécia, o uso de telemóveis ao volante.

De acordo com o gestor de marca da Volkswagen em Estocolmo, Johan Karlson, trata-se de “um lembrete silencioso para se manter o foco na estrada, em vez de se fazer várias coisas ao mesmo tempo, enquanto se conduz“.

Os lucros desta campanha rodoviária revertem a favor da Trafikskadefonden, organização que ajuda a reabilitar vítimas de acidentes de automóvel.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Volkswagen cria capas de telemóvel, feitas a partir de metais de carros, para prevenir acidentes rodoviários

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião