Governo corta 1.100 vagas no Superior em Lisboa e no Porto

  • ECO
  • 15 Maio 2018

A ideia da medida, que dividiu a opinião pública e as universidades, é descentralizar, fazendo com que mais estudantes sejam inscritos em instituições em cidades mais pequenas.

A medida proposta pelo Governo de cortar 1.100 vagas no Ensino Superior no Porto e em Lisboa, para empurrar mais estudantes para universidades fora destes dois grandes centros urbanos, vai mesmo avançar, escreve esta terça-feira o Público. De acordo com o jornal, o ministro da tutela vai publicar o diploma esta terça-feira.

A redução das vagas afeta nove instituições, e o efeito é já a partir do próximo concurso de acesso. A Universidade Nova de Lisboa, a Universidade de Lisboa, o ISCTE, o IPL, a Universidade do Porto, o Instituto Politécnico do Porto, a Escola de Hotelaria e Turismo e as escolas de Enfermagem de Lisboa e do Porto vão receber menos alunos. A exceção são os cursos de Medicina e de Física e Tecnologia Nuclear, que o Governo considerou prioritários.

As restantes universidades do país podem aumentar as vagas em 5%, com preferência para os cursos de ciências, informática e engenharia.

A medida, quando foi apresentada em fevereiro, acumulou críticas das universidades e da sociedade civil. Alguns argumentaram que os alunos com mais dificuldades económicas iriam ser penalizados por terem de se deslocar para fora de Lisboa e Porto caso ali vivam. Outros, incluindo a Universidade de Lisboa, defenderam que este corte levaria muitos a desistir do ensino superior ou a optar por uma instituição privada.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo corta 1.100 vagas no Superior em Lisboa e no Porto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião