Efacec aumenta encomendas. Lucros sobem para 7,5 milhões

O mercado internacional continua a ter o maior peso nos negócios da Efacec, representando 78% das receitas e 80,3% das encomendas.

A Efacec fechou o ano de 2017 com lucros de 7,5 milhões, acima dos 4,3 milhões que tinha registado no ano anterior. A empresa controlada desde o final de 2015 pela empresária angolana Isabel dos Santos apresentou um crescimento de 74,4% dos resultados líquidos num ano em que as encomendas cresceram a dois dígitos.

O EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) do grupo Efacec Power Solutions totalizou 35,9 milhões de euros no ano passado, mais um milhão do que em 2016. Enquanto as receitas ficaram em linha com o que tinha sido registado em 2016, fixando-se nos 431,7 milhões, as encomendas atingiram os 496,7 milhões mais 22% do que no ano anterior.

“O maior contributo para este crescimento foi dado pelas unidades de aparelhagem de média tensão, automação, energia e transportes“, refere a empresa, em comunicado.

O mercado internacional continua a ter o maior peso nos negócios da Efacec, representando 78% das receitas e 80,3% das encomendas. América do Norte, Europa do Norte, França, Magrebe e Médio Oriente reforçaram a sua importância no grupo, enquanto mercados tradicionais como Portugal, Angola, Reino Unido e Leste da Europa recuaram no ano passado.

Comentários ({{ total }})

Efacec aumenta encomendas. Lucros sobem para 7,5 milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião