Ações do Sporting congeladas por valorização excessiva

  • Lusa
  • 21 Maio 2018

A negociação das ações do Sporting ficou em consolidação de ofertas depois da primeira chamada de hoje às 10h30 porque o diferencial das propostas apresentadas originaria uma variação superior a 10%.

As ações do Sporting ficaram esta segunda-feira em consolidação de ofertas, não tendo sido realizada qualquer transação, porque os preços propostos originariam uma cotação mais de 10% acima da última referência, de 0,715 euros na sexta-feira.

As ações poderão voltar a ser negociadas às 15h30, com uma cotação de referência superior a 0,715 euros, que é calculada automaticamente pelo sistema com base nas ordens dadas na primeira chamada (10h30), explicou fonte da Euronext.

A mesma fonte da Euronext explicou à Lusa que a negociação das ações do Sporting ficou em consolidação de ofertas depois da primeira chamada de hoje às 10h30 porque o diferencial das propostas apresentadas originaria uma variação superior a 10% face à última cotação dos ‘papéis’ do Sporting, que foi de 0,715 euros na passada sexta-feira.

Diariamente, as ações do Sporting podem ser transacionadas em duas chamadas, uma às 10h30 e outra às 15h30, mas o negócio só é efetuado quando a variação do preço não for superior ou inferior a 10% em relação à última cotação de referência.

No domingo, a assembleia-geral de obrigacionistas do Sporting deu ‘luz verde’ ao adiamento por seis meses do prazo para o reembolso do empréstimo obrigacionista, de acordo com um comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

No comunicado, a SAD do Sporting informou a CMVM que na assembleia-geral de obrigacionistas, realizada no domingo às 10:00, foi deliberado “sobre a modificação dos termos e condições das Obrigações e, em particular, a alteração da respetiva data de reembolso de 25 de maio de 2018 para 26 de novembro de 2018”.

Esta emissão obrigacionista ocorreu entre 07 e 20 de maio de 2015, perfazendo até seis milhões de obrigações até 30 milhões de euros (ME), com um valor nominal de cinco euros, à taxa de juro de 6,25%.

Já na última terça-feira, antes do primeiro treino para a final da Taça de Portugal, a equipa de futebol foi atacada na Academia do clube, em Alcochete, por um grupo de cerca de 50 alegados adeptos encapuzados, que agrediram técnicos e jogadores, tendo a GNR detido 23 dos atacantes. Na final, o Sporting foi batido pelo Desportivo das Aves, por 2-1.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ações do Sporting congeladas por valorização excessiva

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião