Sporting suspende apoios à Juve Leo. Quer reunião urgente com Costa

  • Juliana Nogueira Santos
  • 21 Maio 2018

O clube vai suspender os benefícios à claque e vai reunir-se, com carácter de urgência, com o primeiro-ministro.

O Sporting vai suspender os benefícios da claque Juventude Leonina devido aos acontecimentos da passada semana. Em comunicado, o clube afirma ainda que vai reunir-se com o primeiro-ministro numa “audiência urgente”, para “discutir todos os assuntos relacionados com o combate à violência no desporto”.

“Na sequência dos gravíssimos acontecimentos ocorridos na Academia Sporting, foi decidido tomar as seguintes medidas que vigorarão até à conclusão da investigação do Ministério Público em curso e do processo de averiguações interno que logo se desencadeou: chamar o líder da Juventude Leonina a quem foi comunicada a suspensão imediata dos benefícios protocolados com o Sporting CP“, pode ler-se no comunicado.

O clube leonino afirma ainda que está à espera do agendamento de uma “audição urgente com o primeiro-ministro para discutir todos os assuntos relacionados com o combate à violência no desporto, bem como as propostas que têm vindo a ser apresentadas ao longo do tempo pelo Sporting CP sobre esta matéria.”

Na passada terça-feira, 50 alegados adeptos, encapuzados, entraram na Academia de Alcochete e atacaram a equipa de futebol, agredindo técnicos e jogadores. No seguimento, o clube afirma ainda que vai reforçar as medidas de segurança em todas as instalações do clube, solicitando ainda às forças de segurança uma outra reunião urgente para uma “maior articulação”.

O clube mostra-se ainda disponível para, junto da Secretaria de Estado do Desporto, “reforçar, desenvolver e melhorar as propostas e aplicação de medidas que visam o combate à violência no desporto”.

(Notícia atualizada às 12h23 com mais informação)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Sporting suspende apoios à Juve Leo. Quer reunião urgente com Costa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião