Ryanair reconhece sindicatos de pessoal de cabine em Itália

  • Lusa
  • 6 Junho 2018

Num acordo histórico, a irlandesa Ryanair reconheceu formalmente dois sindicatos que representam o pessoal de cabine em Itália. Transportadora prevê que se sigam acordos com outros países.

A companhia aérea de baixo custo Ryanair anunciou, esta quarta-feira, que reconheceu formalmente dois sindicatos que representam o pessoal de cabine em Itália, o que acontece pela primeira vez nesta categoria profissional.

A companhia irlandesa assinou um acordo com o ANPAC e com o ANPAV que se tornam as únicas instâncias representativas do pessoal de cabine que trabalha para a Ryanair em Itália, no termo de um processo negocial que tinha começado em dezembro passado, segundo um comunicado.

Trata-se do primeiro acordo para esta categoria profissional na companhia, que já tinha assinado dois acordos com sindicatos de pilotos, em Itália e no Reino Unido.

Em Itália estão, atualmente, perto de 80 aviões dos 400 do grupo e cerca de 20% do pessoal de cabine da companhia.

“Estamos a fazer progressos com outros sindicatos de pessoal de cabine na Europa e esperamos assinar mais acordos reconhecendo sindicatos de pilotos e tripulantes de cabine nas próximas semanas“, sublinha Eddie Wilson, o responsável no setor de pessoal da Ryanair.

O acordo surgiu numa altura em que os sindicatos que representam o pessoal de cabine em Portugal, em Espanha e na Bélgica, e até agora também em Itália, ameaçavam fazer uma greve conjunta, dando à Ryanair um prazo até ao final de junho para aceitar as suas reivindicações.

Os sindicatos querem que a companhia aplique a legislação vigente em cada país e que conceda as mesmas condições de trabalho aos que têm contrato diretamente com a companhia e aos que estão ligados a empresas de trabalho temporário.

O conflito esteve na origem de uma greve de três dias em Portugal, no início de abril.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ryanair reconhece sindicatos de pessoal de cabine em Itália

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião