Estes 6 balcões vão encerrar. CGD não revela os outros 69

  • Rita Atalaia
  • 8 Junho 2018

Alhandra, Abraveses, Rua Formosa, Pedras Salgadas, Louriçal e Darque. Estas são as seis agências que já se sabe que a CGD faz fechar. E as restantes? Administração não desvenda plano.

Chegou mais uma vaga de encerramentos de balcões da Caixa Geral de Depósitos (CGD). Depois de ter fechado 64 no ano passado, o banco estatal vai agora encerrar mais 75 agências até ao final deste mês, no âmbito do acordo de reestruturação estabelecido com a União Europeia em 2016. Mas esta lista ainda não é conhecida, apesar dos pedidos do PSD e sindicatos para que seja revelada. Das que vão fechar, apenas se conhece o nome de seis, incluindo Rua Formosa, em Viseu. Já as restantes 69 continuam por se saber.

Um a um. É assim que se tem vindo a conhecer o nome das agências que a CGD vão encerrar em breve. E apenas porque as populações se têm manifestado contra o fecho das agências da sua zona, uma vez que a CGD não faz comentários. Os moradores de Alhandra, no concelho de Vila Franca de Xira, foram os primeiros a protestar para “denunciar e impedir” o encerramento. Logo de seguida, foi a vez de Pedras Salgadas, do concelho de Vila Pouca de Aguiar, e depois Louriçal, em Pombal. E agora Darque, em Viana do Castelo.

Os protestos também chegaram a Viseu. Aqui, vai encerrar o balcão de Rua Formosa, o que é “menos problemático para as populações”, revelou o presidente da Câmara de Viseu ao ECO, que ficou a saber deste encerramento na quinta-feira. O problema será o fecho da agência de Abraveses, que “não só serve dez mil habitantes da freguesia, como permite, na proximidade, servir uma população global de mais de 21 mil habitantes das freguesias vizinhas e do norte do concelho de Viseu”, afirmou Almeida Henriques.

"No caso de ser mantida a decisão de encerramento da agência (…) terminaremos todo o relacionamento comercial da Câmara Municipal de Viseu com o banco, transferindo todas as operações para outras entidades bancárias, com quem procuraremos dinamizar uma oferta de proximidade.”

Almeida Henriques

Presidente da Câmara de Viseu

Estas notícias levaram mesmo o autarca a enviar uma carta à administração da CGD afirmando que, se o banco mantiver esta decisão, “terminaremos todo o relacionamento comercial da Câmara Municipal de Viseu com o banco, transferindo todas as operações para outras entidades bancárias”.

Quanto às restantes 69 agências, os nomes ainda não são conhecidos do público. O banco estatal está a enviar cartas a cada balcão e estes, por sua vez, estão a informar os clientes. Os sindicatos também não têm a lista completa. “Ainda estamos à espera”, afirmou o presidente do Sindicato de Trabalhadores das Empresas do grupo Caixa Geral de Depósitos. “Não percebo por que é que a Caixa está a fazer tanta caixinha” com a lista, disse João Lopes, reforçando o que já tinha dito ao ECO: “vai ser o mesmo filme do ano passado”.

Na quarta-feira, o PSD também exigiu conhecer a lista de todos os balcões que o banco pretende encerrar este ano, bem como as datas de fecho e critérios de seleção para o encerramento. Mas ainda não teve resposta do Governo.

No pedido, os sociais-democratas afirmaram que a vaga de encerramentos no ano passado — a CGD fechou 64 balcões — “causou um forte sentimento de indignação e abandono junto das populações afetadas, muitas das quais localizadas em municípios do interior do país ou de pequena dimensão” e que estas notícias recentes e o “desconhecimento de quais as agências que irão encerrar, são causadoras de profundo alarme junto das populações”.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Estes 6 balcões vão encerrar. CGD não revela os outros 69

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião