SIBS ganha terreno na Polónia. Compra a PayTel

  • ECO
  • 20 Junho 2018

A gestora do Multibanco vai pagar oito milhões pela PayTel. A SIBS vê grande "potencial de crescimento do mercado de pagamentos na Polónia".

A SIBS, gestora da rede Multibanco em Portugal, está a ganhar terreno na Polónia. Formalizou a compra da PayTel, empresa polaca especializada em serviços de aceitação de cartão. Este negócio, avaliado em oito milhões de euros, vai ser feito em duas fases, ficando concluído só em 2020.

“Esta transação vai decorrer entre 2018 e 2020, sendo que a primeira fase corresponde a 55% do capital da empresa e representa um investimento de 34 milhões de zlotys (cerca de oito milhões de euros) por parte da SIBS“, refere a empresa em comunicado.

“Com esta aquisição, a SIBS prossegue a sua estratégia de expandir os seus serviços de pagamentos posicionando-se com uma oferta ainda mais alargada na Europa, ladeando outros operadores de âmbito europeu”, diz a empresa liderada por Madalena Cascais Tomé.

A SIBS está presente na Polónia desde 2008, prestando serviços de gestão de redes de ATM, homologação de terminais, processamento de transações, switching e prevenção e deteção de fraude, expandindo agora para os serviços de acquiring.

A PayTel, empresa que vai adquirir, tem apresentado níveis de crescimento na ordem dos 35% ao ano, substancialmente acima do aumento do mercado global, que é quatro vezes maior que o de Portugal”, refere a empresa, sublinhando o potencial de crescimento do mercado de pagamentos na Polónia.

A PayTel é “uma empresa com relações comerciais determinantes a nível nacional, o que, em conjunto com o know-how e portfolio aportado pela SIBS representa uma oportunidade de desenvolvimento estratégico, e reforça o posicionamento da SIBS como um player de pagamentos relevante no mercado europeu”, diz Madalena Cascais Tomé, CEO da SIBS.

Comentários ({{ total }})

SIBS ganha terreno na Polónia. Compra a PayTel

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião