Transações no multibanco caem a pique durante o jogo. Portugal parou para ver a vitória da Seleção

Durante a disputa entre Portugal e Marrocos, os portugueses estavam totalmente concentrados no jogo. Durante os 90 minutos, as transações multibanco quase não existiram.

Em dia de jogo da seleção portuguesa, o país parou… literalmente. Enquanto o 11 nacional lutava por mais um golo contra a equipa marroquina, os portugueses estavam tão concentrados no jogo que as transações multibanco caíram significativamente. De acordo com o post publicado na conta oficial do Twitter do Multibanco, “quase não houve operações multibanco” durante o período do jogo.

Bastaram quatro minutos para Cristiano Ronaldo marcar o golo que valeu a vitória à equipa portuguesa. Foi com este golo que o número 7 se tornou o melhor marcador de sempre das seleções europeias, totalizando 85 golos por Portugal, ultrapassando Ferenc Puskás, com 84 golos, de acordo com o site desportivo Zero Zero.

Durante 95 minutos, os portugueses mantiveram as atenções tão concentradas nesta disputa — que eliminou Marrocos do Mundial 2018 –, que acabaram por esquecer tudo o resto, incluindo as transações no Multibanco. De acordo com o tweet do Multibanco, entre as 13h e as 15h, estes movimentos caíram a pique, passando de cerca de 164 por minuto para menos de 100. “Como o algodão, o multibanco não engana e estavam todos a torcer pela seleção nacional“, lê-se.

(Notícia em atualização)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Transações no multibanco caem a pique durante o jogo. Portugal parou para ver a vitória da Seleção

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião