5 coisas que vão marcar o dia

  • ECO
  • 20 Julho 2018

Nesta sexta-feira tornam-se conhecidos dados importantes sobre as reservas internacionais do país, e sobre as taxas de juro das casas. Protestos assolam a função pública e continua a comissão dos CMEC

Nesta sexta-feira são conhecidos dados importantes sobre as reservas internacionais do país, lançadas pelo Banco de Portugal, e sobre as taxas de juro das casas, do INE. Na função pública, vários setores continuam a protestar. Os guardas-florestais reclamam pelas carreiras e mais funcionários, e os professores podem ter as férias em risco por causa das greves. Continua também a comissão dos CMEC, desta vez a ouvir especialistas.

Banco de Portugal vai lançar as estatísticas das reservas internacionais

Este é um dos indicadores que o Banco de Portugal reporta ao Fundo Monetário Internacional sobre a economia portuguesa. O Template de Reservas Internacionais agrega a informação sobre o montante e composição dos ativos de Reservas Oficiais, dos outros ativos cambiais detidos pelo Banco Central e Administração Central, de compromissos de curto prazo em moeda estrangeira e das atividades relacionadas, que possam originar pagamentos resultantes em reduções das reservas ou outros ativos cambiais.

Comissão Parlamentar ouve mais dois especialistas sobre os CMEC

A Comissão Parlamentar de Inquérito vai ouvir o professor do ISEG, anterior presidente da instituição, João Duque, às 10h00. Em causa estão os Custos de Manutenção do Equilíbrio Contratual, ou seja, o pagamento de rendas excessivas aos produtores elétricos. Mais tarde, às 15h30, é a vez de os deputados ouvirem Agostinho Pereira de Miranda, da firma Miranda & Associados, Advogados. Os especialistas são os primeiros a ser ouvidos, seguindo-se os representantes do regulador ERSE.

Mais uma greve por causa da contratação na função pública

Os guardas-florestais marcaram greve para 20, 21 e 22 de julho. A paralisação começa hoje e vai abranger todo o fim de semana. Neste primeiro dia, os trabalhadores vão concentrar-se e manifestar-se à porta do Ministério da Administração Interna, em Lisboa. A Federação dos Trabalhadores em Funções Públicas acusa o primeiro-ministro de não cumprir a promessa de integrar mais 200 trabalhadores nesta área em abril de 2018.

INE lança Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação

O Instituto Nacional de Estatística vai lançar as Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação para o mês de junho deste ano. A taxa manteve-se inalterada em maio, face a abril, no que foi o valor mais elevado desde novembro de 2016. Já os juros dos contratos mais recentes desceram em maio.

Como vão ser as férias dos professores?

Ainda estão por realizar reuniões de avaliações dos anos em que não foram assegurados os serviços mínimos, e a greve do Sindicato de Todos os Professores está marcada até ao fim do mês, mas muitos docentes iam de férias a 20 de julho. Os professores que já tinham férias marcadas têm direito a remarcar e, se não conseguirem gozar estes dias, continuam a ter direito aos mesmos.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião