Tarifas de Trump pressionam Wall Street. Microsoft abre em alta e suaviza perdas

  • ECO
  • 20 Julho 2018

O anúncio de Trump de que podia impor tarifas em todos os produtos chineses assustou os investidores.

A escalada da guerra comercial de Trump, que disse que estava pronto para impor tarifas em todos os produtos que venham da China, está a pressionar a bolsa norte-americana. Os ganhos da Microsoft suavizaram a queda.

Os principais índices americanos abriram a descer, com o industrial Dow Jones a cair 0,21% para os 25.011,75 pontos, e o S&P 500 teve um deslize ligeiro de 0,06% para 2.802,88 pontos.

o índice tecnológico Nasdaq conseguiu abrir a subir, com 0,19%, para 7.840,53 pontos. Para isso ajudou a Microsoft, que apresentou resultados fortes, e abriu a sessão com um máximo histórico, com as ações a valorizar 3%.

O Facebook mantém-se estável, mesmo com todas as polémicas que têm envolvido o fundador Mark Zuckerberg, e abriu a subir 0,53%. O mesmo para a Google, depois de a Comissão Europeia multar o gigante em 3,34 mil milhões de euros, conseguiu valorizar 0,25%.

O petróleo também está a valorizar, com o barril de Brent a subir 0,72%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tarifas de Trump pressionam Wall Street. Microsoft abre em alta e suaviza perdas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião