É desta que as etiquetas autocolantes das frutas e dos legumes vão descolar… Graças à Laserfood

Identificar as frutas e os legumes de forma permanente era o objetivo. Foi cumprido com uma tecnologia laser que substitui os habituais autocolantes que identificam a origem daqueles produtos.

As etiquetas autocolantes das frutas e verduras podem estar prestes a descolar de vez e dar lugar a um novo tipo de identificação. Em Espanha, há uma empresa que quer revolucionar o mercado das etiquetas, com recurso a uma tecnologia que rotula os alimentos diretamente na casca, através de laser. A Laserfood quer converter a sua tecnologia patenteada numa referência no mercado dos produtos agroalimentares a nível mundial.

O laser desenvolvido pela empresa valenciana foi desenhado para ser utilizado especificamente no setor da alimentação, nas frutas e nos legumes mais concretamente. A ideia surgiu na cabeça do fundador e atual CEO da Laserfood, Jaime SanFelix, que estava à procura de uma forma de identificar a fruta e os legumes de forma permanente.

“Até à criação da Laserfood e da sua tecnologia laser, a única maneira de identificar a fruta era com etiquetas autocolantes. No entanto, estas etiquetas nem sempre colam muito bem e, em muitos casos, perdem-se antes de chegar às lojas”, conta Stephane Merit, responsável pelo desenvolvimento internacional do negócio, ao ECO. Este problema, que ainda não tinha solução, foi resolvido pelo sistema que a Laserfood desenvolveu, “um laser para realizar uma marca permanente sobre a fruta”.

Fonte: Laserfood

Criada em 2007, durante os primeiros anos a empresa esteve completamente dedicada a desenvolver a tecnologia de laser aplicada às frutas e legumes, que chamou de Laser Mark. A partir daí começaram a ser identificados os primeiros alimentos, os cítricos. “Mas também, muito rapidamente, desenvolvemos a tecnologia para marcar melões e melancias”, refere.

Hora certa, local certo. Oportunidade no mercado

Numa altura em que muitos países da União Europeia tomam diferentes medidas relacionadas com questões ambientais, como o excesso de resíduos de plástico e de desperdício, diferentes alternativas de consumo impõe-se na sociedade de maneira mais atrativa. A empresa espanhola oferece uma solução para outras empresas e distribuidores do setor que põe fim às habituais etiquetas autocolantes, de plásticos e de uso descartável, que identificam a maioria das frutas e legumes.

“A rotulagem a laser permite prescindir do plástico em muitas ocasiões e, desta forma, contribuir para um mundo com menos plástico”, afirma Stephane Merit. Além disso, “ao eliminar as etiquetas, também se elimina a fabricação de tintas e colas, assim como a energia necessária para o seu fabrico e transporte”, acrescenta.

Para a marca responsável, este tipo de identificação a laser faz com que a fruta chegue à mesa do consumidor, além de devidamente identificada, sem nada de papel, tinta ou cola. “Com o laser não há absolutamente sobre a fruta, portanto é uma forma menos contaminante de identificá-la”, explica.

Laser nas frutas de Espanha, França, Itália… Então, e Portugal?

A empresa não está presente no mercado português mas acredita que “é só uma questão de tempo”. Atualmente, a Laserfood está em alguns países europeus, nomeadamente Espanha, França, Itália, Holanda, Bélgica, Alemanha e Itália.

Os clientes do Laser Mark são os principais produtores de frutas e verduras frescas das grandes cadeias de distribuição europeia. O primeiro distribuidor, a nível europeu, a utilizar a tecnologia da Laserfood foi o espanhol Carrefour, que procurava identificar as melancias de gama alta para evitar fraudes nas tendas. Atualmente, todas as melancias premium das lojas espanholas da cadeia de supermercados estão marcadas a laser.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

É desta que as etiquetas autocolantes das frutas e dos legumes vão descolar… Graças à Laserfood

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião