Eurostat diz que Portugal está entre os três países que mais aumentaram a produção de cerveja

No Dia Internacional da Cerveja, o Eurostat publica os dados sobre a produção de cerveja na União Europeia. Portugal está em destaque, como um dos países onde a produção mais aumentou.

Feliz Dia Internacional da Cerveja! Hoje, à semelhança de todas as primeiras sextas-feiras de agosto a partir de 2007, a data é dedicada a esta bebida e, a propósito da ocasião, o Eurostat divulga os dados sobre a produção e comércio de cerveja, referentes ao ano anterior. As estatísticas colocam Portugal em destaque: em 2017, e comparativamente com 2016, foi um dos países que registou o maior aumento na produção de cerveja com álcool.

Portugal foi o terceiro país com o maior aumento nos valores de produção de cerveja com álcool, uma subida de 11%. De janeiro a dezembro de 2016 foram produzidos 673 milhões de litros de cerveja no país. Já no ano imediatamente a seguir, a produção atingiu os 744 milhões.

A superar Portugal ficou o Reino Unido, que aumentou 14% e, a liderar o pódio, a Holanda, onde a produção cresceu 48%. Do lado oposto, os países que registaram as maiores quedas na produção foram a Grécia (-9%), a Eslováquia (-5%) e a Bulgária e Lituânia (ambos -4%).

Em Portugal, a produção de cerveja sem álcool também aumentou significativamente. Em 2016, a produção ficou nos 9,5 milhões e, no ano a seguir, atingiu os 27,7 milhões.

Alemanha, a rainha da cerveja

Apesar das comparações, entre 2016 e 2017, a Alemanha continua a superar os adversários. A produção alemã chegou, no ano passado, aos 8,1 mil milhões de litros, o equivalente a 20% da produção total da União Europeia (UE) e o que a consagra como o maior produtor de cerveja. Na UE, uma em cada cinco cervejas com álcool vem da Alemanha.

Segue-se o Reino Unido (5,6 mil milhões de litros produzidos), a Polónia (4 mil milhões), a Holanda (3,9 mil milhões), Espanha (3,6 mil milhões) e, por fim, a Bélgica (2,4 mil milhões).

81 litros de cerveja por habitante da UE

Ao todo, foram produzidos mais de 41 mil milhões de litros de cerveja com álcool na União Europeia, mais 2,5 mil milhões do que em 2016. Isto significa que a produção de cerveja na UE foi equivalente a quase 81 litros por habitante. No ano anterior ao analisado chegou aos 76 litros por habitante.

No ranking das exportações, a Holanda assume a liderança, a exportar 1,9 mil milhões de litros de cerveja com álcool. Este número faz da Holanda o maior exportador de todos os Estados-Membros da UE, superando a Bélgica, a Alemanha, a França e o Reino Unido, respetivamente.

O principal destino das exportações são os Estados Unidos, com 31% do total das exportações de cerveja para fora da UE. Segue-se a China, com 15%, o Canadá, que recebe 6%, a Coreia, 5%, a Rússia, 4%, e a Suíça, Austrália e Tailândia, cada um com 3% das exportações.

Fora da União Europeia, a cerveja mexicana é a que lidera as importações. Ainda que na grande maioria, os Estados-Membros da UE importem cerveja de outros Estados-Membros, quando recorrem a países que não pertencem à UE, escolhem a cerveja mexicana. O México apresenta 52% de todas as importações de cerveja extra-UE, à frente da Sérvia, da Bielorrússia, da China e da Ucrânia.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Eurostat diz que Portugal está entre os três países que mais aumentaram a produção de cerveja

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião