CP ainda só gastou um décimo da verba que tem para investimentos

  • ECO
  • 8 Agosto 2018

CP investiu 4,7 milhões de euros no primeiro semestre deste ano. O montante representa 10,6% do bolo total que a empresa tem para investir este ano. Já em 2017, a CP só investiu 27% do valor global.

A CP só utilizou 10,6% da verba que tem disponível para investimentos este ano. Em causa estão 4,7 milhões de euros de um bolo de 44 milhões que a empresa pública tem reservados no Orçamento do Estado para 2017, avança esta quarta-feira o Dinheiro Vivo (acesso livre), citando dados da Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO).

A subutilização dos montantes à disposição da empresa não é nova. O ano passado, a CP só executou 27% do orçamento que tinha à sua disposição (19 milhões de euros). A falta de investimento tem sido uma das principais críticas apontadas à CP cuja situação se tem agravado ao longo dos meses e que culminou no anúncio de redução do serviço oferecido aos clientes, seja por avarias das composições, problemas técnicos ou falta de pessoal. Não é pois de estranhar que as queixas contra a empresa aumentaram tenham aumentado 89%, tal como o ECO avançou.

Neste cenário de crise profunda, a administração da CP terá apresentado a demissão, avançou o Público (acesso condicionado) na terça-feira, mas ao final do dia, o Ministério do Planeamento enviou um comunicado às redações garantindo que administração de Carlos Nogueira, Abrantes Machado e Ana Malhó continuava em funções. “O Governo desmente as notícias divulgadas hoje sobre o Conselho de Administração da CP e esclarece que este se encontra a desempenhar regulamente as suas funções”, dizia o comunicado.

A análise da UTAO à execução orçamental até junho revela uma tendência de subida do número de passageiros ao longo dos últimos anos, no entanto, a CP gasta cada vez menos, seja ao nível do investimento seja da própria despesa total, que apresentou no primeiro semestre um grau de execução de 38%, ou seja, 167 milhões de euros.

O Dinheiro Vivo confrontou o Ministério do Planeamento com esta baixa execução, mas não obteve resposta.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CP ainda só gastou um décimo da verba que tem para investimentos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião